20/09/2012

Os minimalistas estabelecem limites

Uma vida minimalista tem a ver com ter o essencial e eliminar o que não faz falta.

Tendo apenas o que precisamos, perdemos menos tempo a limpar, a organizar, a planear; temos menos stress e menos preocupações, pois temos menos coisas com que nos preocupar; com menos preocupações, sentimo-nos muito mais livres. É esta a beleza do minimalismo!

Qualquer pessoa que se sente atraída pelo minimalismo ou quer, pelo menos, simplificar a sua vida, começa  sempre por destralhar o espaço físico à sua volta. Damos roupa, reciclamos papel, jogamos tralhas fora. Após algum tempo a destralhar, a nossa casa começa finalmente a ficar apenas com o que julgamos essencial. O problema é que o destralhamento nunca acaba - destralhar é um processo contínuo, pois é praticamente impossível impedir a entrada de tralha em nossa casa, sobretudo quando não vivemos sozinhos.

Uma estratégia para impedir, não digo a entrada, mas a instalação da tralha em casa é estabelecer limites.

Estabelecer, por exemplo, que os livros não podem ocupar mais que 4 prateleiras, a roupa interior não pode ocupar mais que 1 gaveta, os lápis e canetas não podem ocupar mais que 1 copo na secretária, e por aí fora...

Eu estabeleci vários destes limites cá em casa.

Por exemplo, todos os livros têm que caber nestas 4 prateleiras Lack e os maiores, mais pesados, na estante Expedit.



Os livros técnicos não podem ocupar mais que 1 prateleira na estante do escritório. Aliás, se não tiver espaço para mais coisas na estante quer dizer que já tenho coisas a mais.


Na prateleira de baixo da estante, uma caixa Kassett alberga todos os meus tecidos e na outra guardo peças prontas. Tudo deve caber dentro dessas caixas.

Tudo o que é papéis importantes, contratos, recibos, IRS, contas, documentos, cabe na caixa Kassett de cima.

Todo o material de escritório, incluindo lápis, canetas e coisas do género que costumam estar em cima da secretária, máquinas fotográficas, coisas electrónicas, carregadores, papéis, material de costura, tem tudo que caber nas gavetas Vika Alex.


No quarto, toda a roupa tem que caber ou no pequeno closet ou na cómoda Mälm. Não posso comprar mais mobília para albergar roupa (já tive 2 camiseiros, 2 mesas de cabeceira e 1 cómoda, mas esses dias já lá vão). Não tenho a roupa de inverno (ou a de verão) guardada noutro sítio, nem tenho caixas ou sacos de roupa debaixo da cama (aliás, não tenho nada debaixo da cama, a não ser uma balança). Apenas os casacos de andar na rua, sapatos e malas estão no hall de entrada, devidamente contidos.


Todas as toalhas e lençóis estão também nesta cómoda. 


Na casa de banho, este armário guarda todos os medicamentos e produtos de higiene e beleza que temos (eu e o J.; as coisas dos miúdos estão na outra casa de banho).


E é assim que se evita a acumulação de tralha em casa - estabelecendo limites

25 comentários:

  1. É por isso que eu nunca poderei ser minimalista... Só com livros tenho uma Expedit das maiores... E não me passa pela cabeça deitar livros fora. Nem dá-los. Nem deixar de comprar livros (é o meu vício, assumidíssimo). Só a ideia de me ver livre deles chega para me pôr triste. Não consigo mesmo imaginar a minha vida com racionamento de livros. Tudo o resto pode ir, agora os livros... no way! ;)

    ResponderEliminar
  2. Este blog está a transformar-se na minha biblia. Hoje destralhei a sala, amanhã será o quarto.
    Até segunda, vou transformar esta casa numa casa minimalista.

    ResponderEliminar
  3. Gosto tanto deste teu minimalismo, é genial.

    ResponderEliminar
  4. A minha esposa ficou muito entusiasmada porque tens uma decoração praticamente igual à nossa, mas só agora começámos a destralhar a casa.

    No outro dia fiz-lhe uma surpresa e coloquei uma fotografia de cada um dos pares de sapatos na frente da caixa paa ela poder ver imediatamente onde se encontram. Escusado será dizer que adorou! :-)

    ResponderEliminar
  5. Gostei tanto, mas tanto destes detalhes*

    ResponderEliminar
  6. Gosto da tua decoração (faz-me lembrar o estilo escandinavo), embora seja diferente da que escolhi para a minha casa. No entanto, apesar dessa diferença, tenho o mesmo entendimento quanto à não acumulação de tralha e organização do espaço.

    É de facto uma questão de estabelecer limites e de nos disciplinarmos continuamente. Por coincidência funciono da mesma forma, há um movel/prateleira/caixa para determinadas coisas e não deixo que ultrapassem esse espaço pré-estabelecido. Resulta sempre!

    ResponderEliminar
  7. Dois frascos de benuron ???????? Sua acumuladora !!! ;D

    ResponderEliminar
  8. O meu pecado continua a ser a roupa, sem duvida.
    Melhorei muito é certo, mas continuo a ter quilos de roupa.

    ResponderEliminar
  9. Rita adorei este post. Eu impus um limite talvez não de quantidade mas de qualidade. Na questão dos livros doei todos que não eram relacionados com a minha área (música) ou não fossem meus favoritos (daqueles que relemos sempre em algum momento). Deste modo libertei-me de imensa literatura que estava só "enfeitando", arranjando lugar para uma impressora e algum material de escritório.

    As fotos são sempre um atrativo e uma confirmação de como fica tão mais elegante ter na nossa vida a simplicidade e o essencial. Parabéns!

    ResponderEliminar
  10. Também eu já ando a começar a destralhar :)
    Estou a começar pelas roupas e pelas coisas que não utilizo...
    Espero conseguir...sou demasiado agarrada às minhas coisas!

    ResponderEliminar
  11. Oi querida,eu ainda tenho que melhorar muito...mas já me livrei de muitas coisas que tinha em excesso como calças jeans teve uma época que tinha 22,agora tenho apenas 03, é o que preciso,realmente é muito mais pratico ter somente o que precisamos,bjos.

    ResponderEliminar
  12. Muito bem pensado. É uma excelente estratégia :-)

    ResponderEliminar
  13. Estou estupefacta!
    É o meu sonho de casa mas o oposto do que tenho!
    Nunca consigo destralhar o suficiente. E tropeço em tralha todo o tempo.
    Organizas casas para fora? Já pensaste em vender esses serviços de destralhar?
    vidademulheraos40.blogspot.com

    ResponderEliminar
  14. Tenho-me cruzado frequentemente com o termo "destralhar" mas ainda não o tinha ligado ao conceito de minimalismo! Acho que lá por casa está na hora de destralhar a sério... pois todos os armários, cómodas, e outros espaços de arrumos estão mais de que cheios e aquilo já me mexe com os nervos. A solução é mesmo ter apenas o que é necessário!
    Gostei do blog e tomei a liberdade de me tornar seguidora.

    ResponderEliminar
  15. Bolas a Rita foi um dos meus "Mentores" para criar o meu blog......mas se consola ao máximo ler o seu blog ao meu tempo frustra!! Por porque a Rita pensa em tudo de forma perfeita.......não tenho palavras para dizer o quanto a admiro sem a conhecer........pela capacidade de organização, método e acima de tudo vontade! As vezes escreve coisas que por muito pequenas que parecem no momento, na prática são muito dolorosas.....uma delas é acordar todos os dias ás 6h da manhã......outra é este conceito minimalista!! Não estou nem um dia sem vir aqui, não me canso de ler os mesmos post's.....Obrigada pela sua criatividade é uma inspiração!! Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Amo o teu blog! Estou a preparar-me para voltar para o meu apartamento e tenho destralhado como uma louca! Quero sentir diferença no espaço quando para lá voltar! :)

    ResponderEliminar
  17. Adorei o teu blog, vou começar a acompanhar tb...vi o link no blog da Thais, que tb adoro!!! Tenho mesmo que destralhar a minha casa....ando a sentir-me asfixiada com tanta tralha!!!

    ResponderEliminar
  18. Só uma pequena curiosidade... O que é aquela mica que está na porta do armário do WC? Validades dos medicamentos? Obrigada e bjs

    ResponderEliminar
  19. Descobri o blog há pouco, e estou gostando muito. Mas algumas coisas me deixam curiosa: não tens nem uma maquiagenzinha? Uns batons, uns perfumes, rímel? Escovas de cabelo, pentes? Aonde ficam essas coisas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que tenho (não sou nenhuma mulher das cavernas)! Está tudo na casa de banho.

      Eliminar
    2. Gosto do teu humor :D

      Eliminar
  20. Uou!

    Mas é mesmo isso... agora eu que detesto limites... ehehehehehe

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...