24/09/2012

Como fazer uma saia para a cama

Este foi o outro projecto que fiz para alterar em menos de nada o ambiente do meu quarto, que passou de branco e bege para branco, preto e cinzento - uma saia para a cama.

1. Em primeiro lugar, a quantidade de tecido depende naturalmente do tamanho da cama. Eu tenho um estrado que mede 1,40 por 1,95 m, portanto se quisesse fazer uma saia que desse a volta a todo o estrado, necessitaria de 1,40x2 + 1,95x2 + um bocado para fazer as pregas nos cantos do estrado, ou seja, uns 8 metros de tecido. 
No entanto, para poupar tecido, decidi não fazer saia para a parte do estrado que encosta à parede. Assim, comprei 2 metros deste tecido no Ikea, que tem 1,5 m de largura e, cortando 3 tiras de 50 cm de largura cada, fiquei com um total de 6 m de tecido, em 3 tiras de 50 cm de largura. De altura, o estrado tem 30 cm, portanto os 50 cm de largura das tiras de tecido são mais que suficientes para as bainhas.

2. O segundo passo, depois de cortado o tecido, é coser as tiras umas às outras. Para tal, basta juntar as extremidades de duas tiras pelos lados direitos, prender com alfinetes, marcar uma linha de costura (só para orientação), e coser.


3. Depois, fazer o mesmo com as outras tiras, de modo a obter uma tira muito comprida!


4. O próximo passo é fazer as bainhas - é fácil, mas num tecido tão comprido, dá algum trabalho... Eu marco, passo com o ferro e ponho alfinetes. São 6 m tecido, é preciso ter alguma paciência... Faço primeiro um lado completo e só depois marco a bainha com outro lado, esta com mais cuidado, de maneira a que a grande tira de tecido fique com 30 cm de altura (a altura do meu estrado).

5. Depois das bainhas feitas, levo a saia para a cama para marcar as pregas nos cantos. Prendo-as com alfinetes e faço uma pequena costura por cima da costura da bainha, para que as pregas fiquem no sítio.



6. Por fim, agora que a saia está pronta, falta prendê-la à cama. Como? Com fita de velcro autocolante. Uma tira de fita fica colada no estrado, a outra cola-se no tecido, juntam-se as duas e já está! Para lavar a saia, é só puxá-la com a fita de velcro. Com as lavagens, a cola entre a fita e o tecido vai saindo (já tive uma saia de cama antes desta) e a solução que arranjei foi ir colando o tecido à fita com cola UHU. Aliás, foi o que fiz com esta saia das fotos, pois a fita de velcro é a mesma que tinha na saia anterior, que já lá estava há mais de um ano.



Uma saia de cama é útil sobretudo para quem destes estrados metálicos feios ou para quem tem coisas armazenadas debaixo da cama (o que não é o meu caso... debaixo da minha cama está apenas uma balança).

O resultado final é este:


23 comentários:

  1. clap clap clap!
    Esta mesmo muito bem!
    para quem tem, como eu, duas 'mãos esquerdas', até parece fácil ;)
    beijinhos, boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Excelente, tenho de fazer.

    O teu gato na foto... ohhhhhhhhhhh

    ResponderEliminar
  3. O que aconteceram às mesinhas de cabeceira??!! Diz-me que foram para pintar de branco!!
    Não te faz falta uma cabeceira de cama, sendo que gostas de ler seria mais fácil teres onde encostar! Na internet existem alguns sites que ensinam como fazer uma! Sei de alguns se precisares! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foram para pintar, foram vendidas. A cabeceira da cama é coisa que nunca me fez falta, poi eu leio deitada, não encostada... Quanto menos coisas no quarto, melhor!

      Eliminar
    2. Vendeste??!! E agora como fazes para guardar a roupa interior? Eu falo por mim, as mesinhas são onde guardo as roupas interiores todas organizadas e onde tenho (na primeira gaveta) creme de mãos, de pés, base de copo (às vezes levo chá para beber no quarto)...é no fundo um apoio e fazem-me falta!!

      Eliminar
    3. Está tudo na cómoda que podes ver neste post:
      http://busywomanstripycat.blogspot.pt/2012/09/os-minimalistas-estabelecem-limites.html

      Fiz uns bed pockets para guardar o livro que estou a ler, creme para as mãos, lenços e essas coisas... logo mostro num futuro post.

      Eliminar
    4. Já agora diz-me uma coisa Rita, como é que o teu marido, família e amigos lidam/pensam desta opção de vida?

      Eliminar
    5. O marido já era minimalista sem o saber. Em relação ao resto da família e amigos, é indiferente. Viver um estilo de vida minimalista não é uma daquelas opções radicais que vai afectar todo o mundo à nossa volta nem envergonhar a família... Aliás, eu nem chamaria opção de vida ao minimalismo. Assim, o acumular tralha também seria uma opção de vida... Para mim, é uma forma de viver a vida, tão válida como as outras. E como cada um sabe de si, não me interessa minimamente o que os outros pensam por eu não ter mesas de cabeceira, por exemplo...

      Eliminar
  4. Olá Rita,

    acompanho o teu blog silenciosamente. Parabéns pelo sucesso alcançado. Hoje resolvi participar nos comentários para te dizer que também podes utilizar fita de velcro que se coze diretamente no tecido. Também já fiz alguns projetos com este material em que colo uma das fitas, a um móvel por exemplo, e a outra compro sem cola e cozo quando estou a fazer as bainhas. É prático, não descola quando tiras o tecido e não precisas de perder tempo a voltar a colar.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, eu sei, já fiz coisas com essa fita, mas aqui onde compro não vendem os dois lados da fita em separado (acho eu)...

      Eliminar
  5. olá novamente,

    tenho umm erro ortográfico na palavra "cozo" em vez de coso!!!! Por favor caso tenhas pensado publicar o comentário não o faças, a menos que se consiga corrigir o erro.

    Desculpa.

    Beijinhos :(

    ResponderEliminar
  6. Vejo o teu quarto assim Rita e penso...que sonho...não à forma de me "destralhar" das velharias...gostei do teu projecto :)
    Tenho ali alguns na gaveta...
    Tenho q ver se arranjo "tempo" para costuras...nem a levantar-me às 5 da manhã irra...

    ResponderEliminar
  7. Ficou muito giro. Ao tempo que ando a pensar em fazer algo do género para o quarto da minha filha.

    ResponderEliminar
  8. Olá Rita!
    Descobri hoje o teu blog ;) e gostei, e sobretudo porque cada vez mais faz sentido orientarmos a nossa vida para "less is more".
    há muito que também andava há procura deste "diy", acho que vou experimentar...
    também sou algarvia (por enquanto "os deuses" querem -me em Lx ;)acho o máximo usares a palavra "jogar" - atirar para o lixo, eu também uso, mas depois tenho sempre que explicar que é "pôr no lixo", a maior parte das pessoas não entende (...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Conchita, bem vinda! Eu por acaso não sou algarvia, sou alfacinha de gema, mesmo, mas vivo cá em baixo desde os 18 anos (desde a universidade)...

      Eliminar
  9. Olá Rita.
    Eu queria fazer uma saia para a cama assim desse género, mas queria que que ficasse um pouco por debaixo do colchão para esconder completamente a parte metálica do estrado. Alguma ideia?
    Também não queria com pregas nos cantos, queria tudo a direito. Será que dá?
    Obrigada e desculpa o incómodo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim, o tecido deve cobrir todo o estrado, o que vai implicar muito mais gastos de tecido... Sem pregas também dá, é uma questão de não fazê-las.

      Eliminar
  10. Bom dia, adorei sua idéia e suas orientações me ajudaram muito. Brigadim, bJS!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  11. Estava eu, procurando um blog para pegar o passo a passo de como fazer uma saia p minha cama. Graça a Deus encontrei o seu. Adorei!! Vi ontem e hj fui no centro e já comprei o tecido. Acredito q vou conseguir, pois vc deu a receita com perfeição. Um grande abraço!!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...